Sooooo
Textos de Luiz Pontual
O Instituto
cursos
livros
notícias
L Pontual
Instituto René Guénon de Estudos Tradicionais
René Guénon

Alguns traços biográficos essenciais
Geral
Cursos
  René ( Jean-Marie-Joseph ) Guénon nasceu em 1886 em Blois, França. Obtém licenciatura em matemática e filosofia, lecionando durante alguns anos em Paris e, durante a guerra, na Argélia. Cedo domina o grego, latim, inglês, italiano, alemão, espanhol, sânscrito, hebraico, árabe e mais tarde, o chinês, mantendo conversação com seus interlocutores europeus e orientais em suas próprias línguas, para desconcerto de muitos deles, ao constatarem um francês dominar com maestria a língua e o espírito de civilizações distantes.

    O mais decisivo em sua formação, sem dúvida, foram os dados doutrinais obtidos por via oral diretamente de representantes do hinduísmo (Escola de Shankara), do Islã (tariqah do Sheikh Elish El Kebir, da linha Alkbariana) e do Taoísmo (por intermédio do filho espiritual de Tong Sou Luat, eminente mestre Taoísta).

    Muito cedo (com apenas 22 anos) seus escritos constituem força de autoridade incontestável, pelo inédito dos esclarecimentos e pontos de articulação até então desconhecidos do orientalismo oficial vigente. Guénon desmascarou conclusivamente dezenas de impostores, desde os grosseiros aos mais pretensamente refinados, angariando para si de , um lado,   a grata surpresa e agradecimento dos que buscavam o oriente autêntico e, de outro lado, o ódio e perseguições de uma imensa maioria surpreendida em suas falsas bases e artimanhas.

    O mais eminente reconhecimento de valor partiu de autoridades orientais. Marco Pallis nos relata a perfeita ortodoxia de suas exposições constatada por lamas tibetanos; Ramana Maharshi denominou Guénon como "The Great Sufi" ; os verdadeiros mestres taoístas mais de uma vez designaram Guénon como o único ocidental nos últimos séculos que conseguiu captar e transmitir o verdadeiro espírito do Taoísmo.

    Mas, o que diz Guénon ele próprio? "Todo o mérito desta obra está na doutrina oriental autêntica ali contida; meu trabalho é apenas transmiti-la da maneira mais clara e exata ao meu alcance".

    René Guénon ( seu nome muçulmano era Shaykh 'Abd al-Wâhid Yahyâ ) morreu em 1951, no Cairo, para onde havia se mudado em 1930, sem nunca ter voltado à Europa.
Livros
Luiz Pontual
E-Mail :